Arquivo mensal: julho 2014

Em quem não votar nas eleições de Outubro?

Motivação

anuncio-confei-conselho-federal-de-informatica-outubro-eleicoes

Convenhamos que a situação atual do Informata no Brasil não evoluiu muito nos últimos 30 anos e mesmo com a presença de algumas fundações, associações, sociedades, institutos o cenário tem sido o mesmo: não tivemos ganhos significativos, aumento de competitividade contra o mercado internacional, as formações andam cada vez mais caras, e notamos nos anúncios de empregos que alguns salários e benefícios sofreram redução nos últimos dois anos.

Vamos detalhar alguns destes pontos:

  1. Ganho significativo: somos informatas que trabalham em diferentes especialidades da informática, e cada uma destas especialidades requer um alto investimento de capacitação mas até hoje não existe estabelecido por lei um piso salarial mínimo para um Informata. Um engenheiro tem um piso salarial mínimo, um Informata não. A especialidade do Analista de Sistemas por exemplo é injustamente remunerada por muitas empresas pela quantia de R$ 1000 a R$ 2000 por mês pelo vínculo CLT, e isso não é estágio – se trata de emprego convencional. Este salário é um absurdo para a que possamos continuar a investir em educação e arcar com todos os custos de viver na situação econômica que estamos, convivendo com essa avalanche de impostos de todos os lados: chegam incluído em produtos que consumimos o IPI (imposto de produto industrializado), quem consome paga ICMS um imposto sobre a circulação de mercadorias e serviços, IRPF (imposto de renda pessoa física), ISS imposto sobre serviços para quem presta serviços, PIS, CSLL (contribuição paga sobre lucro), IRPJ (imposto de renda de pessoa jurídica), COFINS que contribuições pagas por empresários, II (imposto de importação de produto estrangeiro), IE (Imposto sobre exportação de produto nacional), IOF (Imposto sobre operação de crédito e câmbio), ITR (Imposto territorial rural), IPVA (Imposto sobre propriedade de veículos automotores), ITCMd (Imposto sobre transmissão causa mortis), IPTU (Imposto sobre Propriedade predial e territorial), ITBI (imposto sobre transmissão inter vivos de bens e imóveis), isso sem contar as taxas diversas (coleta de lixo, incêndio, emissão de documentos, vigilância sanitária, licenciamento de veículos, Siscomex, registro em junta de comércio, etc). É preciso unificar e repensar alguns impostos, para que não sejamos duplamente cobrados em diversas situações de consumo, e com um salário líquido maior, teremos acesso a produtos, cursos, serviços e qualidade de vida.
  2. Aumento de competitividade: impossível competir com um norte-americano, rodeado de avanços tecnológicos, preços favoráveis para eletrônicos e softwares, universidades e cursos de qualidade. Estados Unidos é referência quando se trata de empreendedorismo e é um ambiente que fomenta esse avanço. Um brasileiro dificilmente tem a mesma facilidade para produzir um produto ou serviço competitivo, até mesmo pela questão de custos operacionais para manter um negócio, arcar com todos os impostos e ter algum lucro. Um outro problema é competir com países cuja mão de obra é mais barata, até porque o custo de vida também é muito menor. Na China por exemplo o salário pode ser bem baixo mas a alimentação também é muito barata. Isso também pode ocorrer na Índia e outros países que estão em crescimento. Nossos maiores competidores no ramo de tecnologia são a Argentina, Colômbia, Panamá, Chile e Uruguai. Estes países estão fazendo diversos negócios internacionais que fomentam o desenvolvimento da Informática em suas nações. Sem considerarmos Argentina (cuja economia agoniza), o salário dos Informatas podem ser menores nos nossos vizinhos, mas a carga tributária neles é menor que a brasileira. Veja a lista aqui. Com uma carga tributária justa, isenções tributárias, otimizar o uso de dinheiro público é possível fomentar o desenvolvimento da informática e a economia do nosso país.
  3. Formações caras: quanto vale um curso sério de ITIL, COBIT, PMI, e todas essas siglas com as quais estamos convivendo recentemente? Quanto vale uma graduação em Sistemas de Informação? Quanto vale uma pós graduação em Gerência de Projetos de Tecnologia da Informação? A resposta você até sabe. Quando o curso é de qualidade, o custo é alto. Esse valor só diminui quando os cursos são oferecidos online e mesmo assim alguns permanecem bem altos. Nosso salário consegue arcar com o custo destes cursos sem comprometer o nosso orçamento? Não. Certamente o valor mensal de um curso pode superar um mês de salário de um profissional, cujo salário é descontado dos impostos e o líquido não cobre todas as despesas pessoais somadas ao custo de uma formação tecnológica. Uma redução de tributos sobre a prestação de serviços educacionais ou incentivos fiscais podem ser uma solução para facilitar o nosso acesso a estes cursos a um preço razoável.
  4. Redução de salários e benefícios: alguém aqui certamente já viu ofertas de emprego onde o empregador publica uma vaga de trabalho com vínculo CLT com um salário realmente baixo p ara a média de mercado e cujo benefício é somente um vale transporte e vale refeição. Plano de Saúde? Não, não há. É preciso que se estabeleçam benefícios mínimos quando o salário estiver muito abaixo da média do mercado nacional, ou na ausência destes benefícios, que o salário do informata seja superior para permitir que o próprio empregado se encarregue de pagar pelo plano de saúde, assistência odontológica, entre outros. Temos visto algumas vagas para analista de sistemas de R$1000 a R$1500, e repudiamos este salário já que o empregado está remunerando todo o trabalho intelectual e formação do informata com o mesmo valor monetário que se dá a uma recepcionista.

Não gostaríamos de desmerecer o trabalho das instituições atuais que “lutam” pelos informatas, mas o fato concreto é que o cenário político impossibilita essa luta. Os políticos não deram espaço para permitir mudanças positivas para os informatas do país.

É sabido que existe um grande conflito de interesses entre nós, a classe trabalhadora, e os empresários que patrocinam monetariamente campanha destes políticos. É justamente por isso que não há projetos de lei realmente interessantes para nós, já que a aliança de políticos com seus ‘padrinhos’ impede nossos diversos avanços da informática e também nossas conquistas profissionais.

Para mudar o Brasil, precisamos obviamente renovar, trocar o antigo pelo novo literalmente. Obviamente o continuísmo de nada vai nos ajudar, como por exemplo continuar votando na família de um político, nos seus filhos, netos e sobrinhos.

Para romper definitivamente este círculo vicioso, precisamos mudar radicalmente nosso voto nas eleições de Outubro de 2014, e com certeza cobrar pelas mudanças a cada um dos novos políticos que nós votamos. Elaborar projetos de lei nós mesmos e remeter para avaliação de outros amigos e encaminhar estes projetos aos políticos comprometido com o que é justo. Assim que o novo político tomar posse, você pode consultar as informações de contato dele através do site da Câmara dos Deputados e também do Senado Federal, e dessa forma enviar seu projeto para avaliação. Não desanime, e lute para alcançar objetivos justos para todos nós.

Em quem não votar? Quais políticos não ajudaram na regulamentação do Informata?

lula-dilma-wellington

Você quer dar um recado aos políticos que estiveram envolvidos no projeto de regulamentação do Informata e suas respectivas especialidades? Dê a sua resposta nas próximas eleições, bastando votar consciente em outro novo político. Rompa o ciclo. Inove. Mude a nossa realidade. Invista o seu voto em alguém capaz de melhorar a sua situação. Não vote em políticos ficha suja, em políticos que são apadrinhados por empresas lobistas e sociedades inescrupulosas, não vote em políticos com histórico de desvio de dinheiro e recursos públicos, faça qualquer consulta no Google com o nome do político e algum escândalo para confirmar sua investigação. Vote em alguém comprometido com a mudança, que oriente os esforços e o trabalho pela nação e não por interesse de uma minoria de empresários.

Para ajudar você a não cometer um grande erro, estamos publicando aqui duas listas. Uma se trata da lista de políticos que estiveram envolvidos com a tramitação da regulamentação do profissional de Informática mas que não mexeram nenhum dedo para fazer o projeto tramitar ou levá-lo para apreciação e votação. A outra lista é de políticos Ficha Suja, aqueles que estiveram envolvidos em desvio de recursos, má gestão, ou seja, um péssimo trabalho que ocasionou transtornos à sociedade.

Políticos que não ajudaram os Informatas

em-quem-nao-votar-politicos

Os políticos abaixo não dedicaram tempo a responder diversos informatas sobre qual a razão dos projetos serem engavetados, a razão pela qual não deram continuidade à tramitação, e tampouco disseram quando vão retomar o trâmite.

Em relação aos nossos projetos, não houve nenhum avanço e tampouco há transparência sobre os próximos passos. Pela falta de interação com estes políticos, ausência de respostas claras e concretas, não votaremos nos políticos abaixo:

  1. Wellington Dias (PT)
  2. Raimundo Colombo
  3. Marconi Perillo
  4. Níura Demarchi
  5. Marisa Serrano
  6. Paulo Paim (PT)
  7. Eduardo Azeredo
  8. Roberto Cavalcanti
  9. Walter Ferreira do Nascimento Junior
  10. Jayme Campos
  11. Rosalba Ciarlini
  12. Lúcia Vânia
  13. Expedito Júnior
  14. Demóstenes Torres
  15. Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB)
  16. Kátia Regina Carmona
  17. André Vargas

Entenda que um projeto, na mão da pessoa errada, pode ficar engavetado anos e pode ser mais rápido criar outro projeto em vez de aguardar um na mão da pessoa equivocada, ainda mais quando se trata de um político que nem é da área de Informática, que não entende a gravidade da nossa situação e não se solidariza e não se empenha para dar um desfecho.

Políticos Ficha Suja

correios[1]

Os políticos abaixo estão classificados por nome, cargo, e acusação:

  • Abelardo Camarinha Psdb – SP Improbidade administrativa
  • Abelardo Lupion Deputado Pfl – PR Sonegação Fiscal
  • Ademir Prates Deputado Pdt – MG Falsidade Ideológica
  • Aelton Freitas Senador Pl – MG Crime de Responsabilidade e Estelionato
  • Airton Roveda Deputado Pps – PR Peculato
  • Albérico Filho Deputado Pmdb – MA Apropriação Indébita
  • Alceste Almeida Deputado Ptb – RR Peculato e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Alex Canziani Deputado Ptb – PR Peculato
  • Almeida De Jesus Deputado Pl – CE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Almir Moura Deputado Pfl – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Amauri Gasques Deputado Pl – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • André Luis Pmdb – RJ Extorsão contra Carlinhos Cachoeira (Corrupção)
  • André Zacharow Deputado Pmdb – PR Improbidade Administrativa
  • Ângela Guadagnin Deputada Pt – SP Dançarina do Plenário da Câmara, comemorando absolvição de corrupto
  • Aníbal Gomes Deputado Pmdb – CE Improbidade Administrativa
  • Antero Paes De Barros Senador Psdb – MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
  • Antônia Lúcia Deputada Psc – AC Abuso de poder econômico
  • Antônio Carlos Pannunzio Deputado Psdb – SP Crime de Responsabilidade
  • Antônio Joaquim Deputado Psdb – MA Improbidade Administrativa
  • Antônio Palocci Ex – Ministro PT – SP Quebra de Sigilo Bancário –
  • Benedito De Lira Deputado Pp – AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Benedito Dias Deputado Pp – AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Benjamin Maranhão Deputado Pmdb – PB Crime Eleitoral
  • Bispo Wanderval Deputado Pl – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Cabo Júlio (Júlio César Gomes Dos Santos) Deputado Pmdb – MG Crime Militar, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Carlos Alberto Leréia Deputado Psdb – GO Lesão Corporal
  • Carlos Rodrigues Ex – Deputado PL – RJ Bispo Rodrigues
  • Cássio Cunha Lima Psdb – PB Abuso de poder político e econômico
  • Celso Russomanno Deputado Pp – SP Crime Eleitoral, Peculato e Agressão
  • Chico Da Princesa (Francisco Octávio Beckert) Deputado Pl – PR Crime Eleitoral
  • Chico Das Verduras Prp – RR Compra de votos
  • Ciro Nogueira Deputado Pp – PI Crime Contra a Ordem Tributária e Prevaricação
  • Cleonâncio Fonseca Deputado Pp – SE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Clóvis Fecury Deputado Pfl – MA Crime Contra a Ordem Tributária
  • Corialano Sales Deputado Pfl – BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Darcísio Perondi Deputado Pmdb – RS Improbidade Administrativa
  • Davi Alcolumbre Deputado Pfl – AP Corrupção Ativa
  • Delúbio Soares Tesoureiro Pt – GO Ex Tesoureiro do PT
  • Demóstenes Torres Dem – GO Esquema de corrupção
  • Dilceu Sperafico Deputado Pp – PR Apropriação Indébita
  • Doutor Heleno Deputado Psc – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Edinho Araújo Pmdb – SP Improbidade administrativa
  • Edir De Oliveira Deputado Ptb – RS Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Edna Macedo Deputado Ptb – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Edson Andrino Deputado Pmdb – SC Crime de Responsabilidade
  • Eduardo Azeredo Senador Psdb – MG Improbidade Administrativa
  • Eduardo Gomes Deputado Psdb – TO Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Eduardo Seabra Deputado Ptb – AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Elaine Costa Deputada Ptb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Elimar Máximo Damasceno Deputado Prona – SP Falsidade Ideológica
  • Eliseu Padilha Deputado Pmdb – RS Corrupção Passiva
  • Emanuel Fernandes Psdb – SP Improbidade administrativa
  • Enivaldo Ribeiro Deputado Pp – PB Crime Contra a Ordem Tributária, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Érico Ribeiro Deputado Pp – RS Crime Contra a Ordem Tributária e Apropriação Indébita
  • Fernando Estima Deputado Pps – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Fernando Gonçalves Deputado Ptb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Fernando Jordão Pmdb – RJ Improbidade administrativa
  • Garibaldi Alves Senador Pmdb – RN Crime Eleitoral
  • Giacobo (Fernando Lucio Giacobo) Deputado Pl – PR Crime Contra a Ordem Tributária e Seqüestro
  • Gonzaga Patriota Deputado Psdb – PE Apropriação Indébita
  • Guilherme Menezes Deputado Pt – BA Improbidade Administrativa
  • Inaldo Leitão Deputado Pl – PB Crime Contra o Patrimônio, Declaração Falsa de Imposto de Renda
  • Inocêncio De Oliveira Deputado Pmdb – PE Crime de Escravidão
  • Irapuan Teixeira Deputado Pp – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Iris Simões Deputado Ptb – PR Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Isaías Silvestre Deputado Psb – MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Israel Batista Pv – DF Infidelidade partidária
  • Itamar Serpa Deputado Psdb – RJ Crime Contra o Consumidor, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Jackson Barreto Deputado Ptb – SE Peculato e Improbidade Administrativa
  • Jader Barbalho Deputado Pmdb – PA Improbidade Administrativa, Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Lavagem de Dinheiro
  • Jaime Martins Deputado Pl – MG Crime Eleitoral
  • Jeferson Campos Deputado Ptb – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • João Batista Deputado Pp – SP Falsidade Ideológica, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • João Caldas Deputado Pl – AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • João Correia Deputado Pmdb – AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • João Herrmann Neto Deputado Pdt – SP Apropriação Indébita
  • João Magno Deputado Pt – MG Lavagem de Dinheiro
  • João Mendes De Jesus Deputado Psb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • João Paulo Cunha Deputado Pt – SP Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Peculato
  • João Pizzolatti Deputado Pp – SC Improbidade administrativa
  • João Ribeiro Senador Pl – TO Peculato e Crime de Escravidão
  • Jorge Pinheiro Deputado Pl – DF Crime Ambiental
  • José Dirceu Ex – Deputado PT – SP Mensalão –
  • José Divino Deputado Prb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • José Genoíno Ex – Deputado PT – SP Mensalão, Dólares na Cueca
  • José Janene Deputado Pp – PR Estelionato, Improbidade Administrativa, Lavagem de Dinheiro, Corrupção Passiva, Formação de Quadrilha, Apropriação Indébita e Crime Eleitoral
  • José Linhares Deputado Pp – CE Improbidade Administrativa
  • José Mentor Deputado Pt – SP Corrupção Passiva
  • José Militão Deputado Ptb – MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • José Nobre Guimarães Deputadoest. Pt – CE Dólares na Cueca (Agora Candidato a Dep. Federal)
  • José Priante Deputado Pmdb – PA Crime Contra o Sistema Financeiro
  • Josias Gomes Deputado Pt – BA Mensalão, CPI dos Correios
  • Jovair Arantes Deputado Ptb – GO Improbidade Administrativa
  • Jovino Cândido Deputado Pv – SP Improbidade Administrativa
  • Júlio César Deputado Pfl – PI Peculato, Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica
  • Júlio Lopes Deputado Pp – RJ Falsidade Ideológica
  • Júnior Betão Deputado Pl – AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Junji Abe Deputado Psd – SP Improbidade administrativa
  • Juvêncio Da Fonseca Deputado Psdb – MS Improbidade Administrativa
  • Laura Carneiro Deputada Pfl – RJ Improbidade Administrativa e Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Leonel Pavan Senador Psdb – SC Contratação de Serviços Públicos Sem Licitação e Concussão
  • Lideu Araújo Deputado Pp – SP Crime Eleitoral
  • Lino Rossi Deputado Pp – MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Lúcia Vânia Senadora Psdb – GO Peculato
  • Luiz Antônio Fleury Deputado Ptb – SP Improbidade Administrativa
  • Luiz Gushiken Ex – Ministro PT – SP CPI dos Correios
  • Lupércio Ramos Deputado Pmdb – AM Crime de Aborto
  • Mão Santa Senador Pmdb – PI Improbidade Administrativa
  • Marcelino Fraga Deputado Pmdb – ES Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Marcelo Crivela Senador Prb – RJ Crime Contra o Sistema Financeiro e Falsidade Ideológica
  • Marcelo Teixeira Deputado Psdb – CE Sonegação Fiscal
  • Márcio Junqueira Deputado Pros – RR Compra de votos
  • Márcio Reinaldo Moreira Deputado Pp – MG Crime Ambiental
  • Marcos Abramo Deputado Pp – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Marcos Montes Psd – MG Improbidade Administrativa
  • Mário Negromonte Deputado Pp – BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Maurício Rabelo Deputado Pl – TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Moreira Mendes Deputado Psd – RO Improbidade administrativa
  • Natan Donadon Sem partido – RO Desvio de recursos públicos
  • Nélio Dias Deputado Pp – RN Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Nelson Bornier Deputado Pmdb – RJ Improbidade Administrativa
  • Newton Lima Deputado Pt – SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Ney Suassuna Senador Pmdb – PB Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Nilton Capixaba Deputado Ptb – RO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Osmânio Pereira Deputado Ptb – MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Osvaldo Reis Deputado Pmdb – TO Apropriação Indébita
  • Pastor Amarildo Deputado Psc – TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Paulo Afonso Deputado Pmdb – SC Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Improbidade Administrativa
  • Paulo Baltazar Deputado Psb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Paulo Feijó Deputado Psdb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Paulo José Gouveia Deputado Pl – RS Porte Ilegal de Arma
  • Paulo Lima Deputado Pmdb – SP Extorsão e Sonegação Fiscal
  • Paulo Magalhães Deputado Pfl – BA Lesão Corporal
  • Paulo Pimenta Deputado Pt – RS Compra de Votos, Mensalão, CPI Correios
  • Paulo Salim Maluf Ex Ppb – SP Corrupção, Falcatruas, Improbidade Administrativa, Desvio de Dinheiro Público, Lavagem de dinheiro
  • Pedro Corrêa Ex – Deputado PP – PE Cassado em associação ao Escândalo do Mensalão, Compra de Votos –
  • Pedro Henry Deputado Pp – MT Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Corrupção Passiva, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Professor Irapuan Deputado Pp – SP Crime Eleitoral
  • Professor Luizinho Deputado Pt – SP Lavagem de Dinheiro
  • Raimundo Santos Deputado Pl – PA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Reginaldo Germano Deputado Pp – BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Reinaldo Betão Deputado Pl – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Reinaldo Gripp Deputado Pl – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Remi Trinta Deputado Pl – MA Estelionato e Crime Ambiental
  • Ribamar Alves Deputado Psb – MA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Ricardo Barros Deputado Pp – PR Sonegação Fiscal
  • Ricarte De Freitas Deputado Ptb – MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Roberto Brant Deputado Pfl – MG Crime Eleitoral, Mensalão, CPI Correios
  • Roberto Jefferson Ex – Deputado PTB – RJ Mensalão
  • Rodolfo Tourinho Senador Pfl – BA Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
  • Rogério Silva Pmdb – MT Compra de votos
  • Romero Jucá Senador Pmdb – RR Improbidade Administrativa
  • Romeu Queiroz Deputado Ptb – MG Corrupção Ativa, Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro
  • Ronaldo Dimas Deputado Psdb – TO Crime Eleitoral
  • Ronivon Santiago Ppb – AC Crime eleitoral
  • Sandro Mabel Deputado Pl – GO Crime Contra a Ordem Tributária
  • Severino Cavalcanti Ex – Deputado PP – PE Escândalo do Mensalinho (Renuncio para evitar a cassação)
  • Silas Brasileiro Pmdb – MG Improbidade Administrativa
  • Silas Câmara Psd – AM abuso de poder econômico
  • Silvio Pereira Secretáriopt Pt Mensalão
  • Suely Campos Deputada Pp – RR Crime Eleitoral
  • Tatico (José Fuscaldi Cesílio) Deputado Ptb – DF Crime Contra a Ordem Tributária, Declaração Falsa de Imposto de Renda e Sonegação Fiscal
  • Teté Bezerra Deputado Pmdb – MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Thelma De Oliveira Deputada Psdb – MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
  • Vadão Gomes Deputado Pp – SP Improbidade Administrativa e Crime Contra a Ordem Tributária
  • Valdemar Costa Neto Exc – Deputado PL – SP Mensalão (renunciou para evitar a cassação –
  • Valdir Raupp Senador Pmdb – RO Peculato, Uso de Documento Falso, Crime Contra o Sistema Financeiro, Crime Eleitoral e Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
  • Valmir Amaral Senador Ptb – DF Apropriação Indébita
  • Vanderlei Assis Deputado Pp – SP Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Vieira Reis Deputado Prb – RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Vittorio Medioli Deputado Pv – MG Sonegação Fiscal
  • Wanderval Santos Deputada Pl – SP Corrupção Passiva
  • Wellington Fagundes Deputada Pl – MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
  • Zé Gerardo Deputado PMDB – CE Crime de Responsabilidade
  • Zé Vieira Pros – MA Improbidade Administrativa
  • Zelinda Novaes Deputada Pfl – BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

Para ver mais políticos condenados, cassados, afastados visite:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_parlamentares_cassados_no_Brasil

Vamos torcer e eleger pessoas em quem podemos confiar esta vez.

Joaquim Barbosa é o cara

sabe-de-nada-inocente

Você sabe realmente QUANTO sobra do seu salário?

Nós do CONFEI queremos conscientizar você do importante que é saber quanto efetivamente você ganha com o seu salário, quanto de tributos paga o seu empregador, quais são os impostos cobrados pela ocasião do emprego e pela ocasião do consumo, quais políticos valem a pena votar e em quais não votar. Vamos mudar o Brasil de uma vez, e lembre-se, pressione os políticos. Seja persistente, pois eles prestam serviço a você, e não o contrário.

 

Anúncios

CareerCast realiza pesquisa e indica salário de Informata nos Estados Unidos

Informatas de especialidades como Engenharia de Software e Análise de Sistemas estão bem cotados no mercado norte-americano. Confira abaixo as posições em que se encontram estas duas especialidades da área de Informática.

Quem está na frente dos Informatas

  • 1o lugar: Matemático (salário anual de 101.360 dólares)
  • 2o lugar: Professor universitário (salário anual de 68.970 dólares)
  • 3o lugar: Estatístico (salário anual de 75.560 dólares)
  • 4o lugar: Analista atuarial (salário anual de 93.680 dólares)
  • 5o lugar: Fonoaudiologista (salário anual de 69.720 dólares)
  • 6o lugar: Dentista (salário anual de 70.210 dólares)

Em 7º lugar está o Engenheiro de Software

size_590_marketing_digital_de_performance[1]

Salário médio anual: 93.350 dólares ou 7.779 dólares por mês (equivalente a R$ 17.256 por mês)

Projeção de crescimento: 22%

Pontos fortes: Mudanças tecnológicas tornam a engenharia de software cada vez mais sofisticada. O destaque, segundo a pesquisa, é para quem é especializado em computação na nuvem.

Fonte: http://www.careercast.com/slide/best-jobs-2014-7-software-engineer

 

Em 8º lugar está o Analista de sistemas

size_590_executivos_olhando_para_tela_de_computador[1]

Salário médio anual: 79.680 dólares ou 6.640 dólares por mês (equivalente a R$ 14.729 por mês)

Projeção de crescimento até 2022: 25%

Pontos fortes:  administração de rede é um componente crítico das práticas de negócios, e sua importância só vai continuar a crescer nos próximos anos, à medida que mais empresas e instituições abandonam o uso de arquivos em papel para adotarem formatos digitais.

Fonte: http://www.careercast.com/slide/best-jobs-2014-8-computer-systems-analyst

Reaberta a discussão da regulamentação do Informata

Foi reaberta a discussão no Senado pelo nosso amigo Ronald Pires para que os políticos discutam a regulamentação do Informata, os problemas que podem ser causados pelo exercício irregular da profissão bem como os transtornos que podem ser causados à sociedade pela má prestação destes serviços.

Clique aqui para dar o seu apoio à regulamentação do Informata, e ao receber e-mail do Senado Federal, clique no link recebido confirme seu apoio!

Compartilhe com seus amigos!

eu-apoio-a-regulamentacao-do-informata

https://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaopropostaaudiencia?id=12981

Faça parte de nosso grupo nas redes sociais!