Arquivo da tag: educação

O ensino e seu papel na Informática

universidade

Existem alguns sites que apresentam artigos antigos, convidando aos leitores refletirem sobre o assunto de qualidade na informática.

Existem artigos que mencionam que as instituições de ensino sozinhas não conseguem suprir o déficit de conhecimento, visto que há um abismo entre cursos de graduação e a realidade do mercado.

 

 

Parece haver aqui um conflito de ideias e uma percepção errada do papel das Universidades na cultura brasileira e mundial. O objetivo-mor e central das instituições de educação do Brasil é preparar o indivíduo para conhecer a sua área de atuação e seus respectivos ramos de atuação.

A universidade por exemplo prepara a pessoa para conhecer métodos de autores / profissionais do ramo da Informática, dando maiores insights ao estudante, que aprende teorias e realiza laboratórios práticos para solidificar o que foi aprendido. O foco das universidades não é que alguém saia de lá dominando uma ferramenta do mercado, ou seja certificado nesta ou naquela linguagem, que domine configurações de ambiente Cisco, entre outros.

Os autores de artigos destes sites, antes de emitir uma opinião concreta alegando que existe abismo entre educação e o mercado, deveria se preocupar em compreender melhor o objetivo da educação no país.

Não só com a Informática, mas com todas as áreas acontece o mesmo, inclusive nas engenharias. Nem tudo que é visto nos cursos é praticado, pois os alunos se dedicam a conhecer as possibilidades, formar opinião, conhecer bem os conceitos e teorias para escolherem então seu ramo específico de atuação. Essa decisão é a que dá origem a Analistas de Banco de Dados, a Analistas de Sistemas, a Programadores, a Analistas de Suporte, Técnicos em Processamento de Dados… A educação na vida é o ponto de partida para todas as coisas, é a primeira estrada a ser tomada de um longo caminho a ser percorrido.

Lamentamos que existam pessoas que acreditam que as instituições são “obsoletas”, desvalorizando e depreciando o papel da educação no país. É preciso respeitar tanto as universidades, como os centros de ensino técnico-profissionalizantes. Ninguém aqui aprendeu a ler sozinho vendo vídeos de Youtube, todos nós tivemos que passar por ciclos de aprendizado, tendo contato com métodos, teorias, autores, filósofos, história, geografia, para que pudéssemos compreender nossa vida e tomar nossas decisões.

Como tudo na vida tanto o ensino no país como diversos setores precisam de melhoria (saúde, assistência social, etc). Portanto não podemos crucificar instituições ou tampouco culpando-as pelo dito “déficit”.

Acreditamos que não há déficit de conhecimento. O brasileiro é muito capaz e dedicado em todos os ramos, inclusive na Informática. Os demais cursos complementares de especialização ou certificações hoje em dia tem sido tão somente moeda de comércio usada por empresas de informática que buscam vender seus serviços a novos clientes (convencedo-lhes que elas são melhores que outras consultorias), garantindo assim o lucro e mantendo-se competitiva no mercado. Ferramentas comerciais nunca entrarão na grade de ensino universitária, pois não é objetivo mostrar ferramentas mas sim os conceitos que deram origem a elas. Algumas destas ferramentas servem apenas de apoio para os estudantes realizarem determinadas tarefas e exercícios em laboratórios.

Certificações como vemos nas ofertas de trabalho são instrumentos de guerra empresarial, e tampouco garantem alguma qualidade no trabalho: uma pessoa pode memorizar conceitos e ser aprovada num exame mas passado alguns meses ela pode esquecer aquele tema. Sabemos que aprender não é o mesmo que memorizar. No aprender há entendimento da razão pela qual as coisas são e acontecem, enquanto o memorizar não dá entendimento concreto que expliquem os fatos dentro da área de Informática.

É preciso dar valor à educação, e portanto ao conhecimento. Aprender e saber quando usar o conhecimento é sabedoria. Scientia potentia est. Conhecimento é poder.

scientia_est_potentia_knowledge_is_power_mousepad-p144645347428323464envq7_400

O ensino no Brasil é fundamental para o crescimento da Informática. Obviamente está sendo melhorado continuamente com o passar dos anos e temos que ajudar neste processo de evolução sempre usando os órgãos oficiais para propor ideias e sugestões.

Para finalizar, tomemos emprestado os Provérbios de Salomão: Livro dos Provérbios (24,5): גֶּבֶר-חָכָם בַּעוֹז; וְאִישׁ-דַּעַת, מְאַמֶּץ-כֹּחַ, O homem sábio é forte, e o homem de conhecimento consolida a força.

Precisamos portanto consolidar o conhecimento de todos os profissionais, nivelando ao mesmo patamar, porque isso engrandece a área de Informática.

Anúncios