Arquivo da tag: senado

Ação Nacional dia 19 de Outubro – Dia do Informata

dl[1]

Amigos Informatas

convidamos a todos para uma Ação Nacional dia 19 DE OUTUBRO de 2013.

Vamos todos cobrar dos senadores um parecer, um feedback sobre o trâmite do Projeto de Lei do Senado número 607 de 2007, via TWITAÇO e ENVIO MASSIVO DE E-MAILS.

Queremos entender por que há dificuldade de interagir conosco para reverem e opinarem sobre nossa minuta.

Estamos abertos a diálogos para tornar o projeto uma realidade flexível que abrace a todos os informatas de todas as especialidades do País (e não somente aos Analista de Sistemas como proposto no texto original).

Nossa minuta que servirá de emenda substitutiva é mais flexível e está disponível para apreciação dos políticos através do link: http://db.tt/QAj5cSAB. Pedimos a vocês que divulguem esta minuta para os Senadores.

Pedimos a todos os amigos Informatas que por favor nos ajudem a enviar mensagens para os senadores envolvidos com o processo do trâmite, sobretudo a 3 específicos:

1) Renan Calheiros (Presidente do Senado)
Preside o senado e tem poder para trocar o relator atual do projeto de lei.
Endereço: Senado Federal – Praça dos Três Poderes –
Anexo I Ed. Principal 15º andar
Brasília-DF / CEP 70.165-920
Telefones: (61) 3303-2261 / 3303-2263
E-mail: renan.calheiros@senador.gov.br
Twitter: @calheirosrenan

2) Senador Waldemir Moka (presidente da Comissão de Assuntos Sociais)
Presidente do CAS, que pode colocar o projeto de lei em pauta para discussão.
Endereço: Ala Alexandre Costa – Gabinete 07 – Anexo II, Senado Federal, Praça dos Três Poderes. CEP: 70165-900
Fone: (61) 3303-6767
Telefone CAS: (61) 3303 4608, Fax Secretário(a): (61) 3303 3652
Campo Grande: Rua Maranhão, 308 Vila Célia CEP: 79022-560 (67) 3352-4701
E-mail: waldemir.moka@senador.gov.br
Twitter: @Senador_Moka

3) Senador Wellington Dias (relator do projeto)
Senador relator que pode sugerir que ao presidente do CAS que o projeto entre em pauta para apreciação.
Endereço: Senado Federal – Ala Sen. Afonso Arinos, Gabinete 6
CEP: 70.165-900 – Brasília-DF
Fone: (61) 3303-9049 / 3303-9050 Fax: (61) 3303-9048
E-mail: wellington.dias@senador.gov.br
Twitter: @ascomwdias

4) Emails de todos os senadores

Para enviar uma mensagem cobrando providências de todos os Senadores, envie sua mensagem para:

acir@senador.gov.br, aecioneves@senador.gov.br, aloysionunes.ferreira@senador.gov.br, alvarodias@senador.gov.br, ana.amelia@senadora.gov.br, ana.rita@senadora.gov.br, angela.portela@senadora.gov.br, anibal.diniz@senador.gov.br, antoniocarlosvaladares@senador.gov.br, senador.antoniorusso@terra.com.br, amonteironeto@terra.com.br, armando.monteiro@senador.gov.br, benedito.lira@senador.gov.br, blairomaggi@senador.gov.br, eduardo.braga@senador.gov.br, casildomaldaner@senador.gov.br, cicero.lucena@senador.gov.br, ciro.nogueira@senador.gov.br, clesio.andrade@senador.gov.br, cristovam@senador.gov.br, cyro.miranda@senador.gov.br, delcidio.amaral@senador.gov.br, demostenes.torres@senador.gov.br, lobaofilho@senador.gov.br, eduardo.amorim@senador.gov.br, eduardo.suplicy@senador.gov.br, ecafeteira@senador.gov.br, eunicio.oliveira@senador.gov.br, fernando.collor@senador.gov.br, flexaribeiro@senador.gov.br, mozarildo@senador.gov.br, francisco.dornelles@senador.gov.br, garibaldi@senador.gov.br, geovaninborges@senador.gov.br, humberto.costa@senador.gov.br, inacioarruda@senador.gov.br, ivo.cassol@senador.gov.br, jarbas.vasconcelos@senador.gov.br, jayme.campos@senador.gov.br, joao.alberto@senador.gov.br, joaoribeiro@senador.gov.br, joaodurval@senador.gov.br, j.v.claudino@senador.gov.br, gim.argello@senador.gov.br, jorgeviana.acre@senador.gov.br, joseagripino@senador.gov.br, gab.josepimentel@senador.gov.br, pedrotaques@senadora.gov.br, renan.calheiros@senador.gov.br, sarney@senador.gov.br, wellington.dias@senador.gov.br, wilson.santiago@senador.gov.br, katia.abreu@senadora.gov.br, lidice.mata@senadora.gov.br, lucia.viana@senadora.gov.br, luizhenrique@senador.gov.br, lindbergh.farias@senador.gov.br, magnomalta@senador.gov.br, crivella@senador.gov.br, maria.carmo@senadora.gov.br, marinorbrito@senadora.gov.br, mario.couto@senador.gov.br, martasuplicy@senadora.gov.br, paulopaim@senador.gov.br, paulobauer@senador.gov.br, paulodavim@senador.gov.br, simon@senador.gov.br, randolfe.rodrigues@senador.gov.br, ricardoferraco@senador.gov.br, roberto.requiao@senador.gov.br, rollember@senador.gov.br, romero.juca@senador.gov.br, valdir.raupp@senador.gov.br, vanessa.grazziotin@senadora.gov.br, vicentinho.alves@senador.gov.br, vital.rego@senador.gov.br, waldemir.moka@senador.gov.br, pinheiro@senador.gov.br, gabdiretor@senado.gov.br, blairo@senador.gov.br, geovaniborges@senador.gov.br, jose.agripino@senador.gov.br, gab.josepimentel@senado.gov.br, pedrotaques@senador.gov.br, lucia.vania@senadora.gov.br, rodrigo.rollemberg@senador.gov.br, sergiopetecao@senador.gov.br

 

Modelos de mensagem via e-mail para o Senado

Abaixo compartilhamos um modelo de MENSAGEM aos Senadores que pode ser enviada por e-mail ou carta:

Ilustríssimo senador

Gostaríamos que por favor dessem continuidade ao trâmite do projeto de lei do senado PLS 607 de 2007 e que por favor tomassem em conta nossa minuta que tem como objetivo servir de emenda substitutiva para o texto do original.

A minuta possui o texto mais flexível de modo a ser mais justo para com os profissionais de informática de todo o país.

O link da minuta em formato PDF está disponível para visualização em: http://db.tt/QAj5cSAB

Pedimos que por favor nos dê um parecer indicando o que será feito para que a tramitação siga seu curso normal até sua conclusão.

Rogamos celeridade máxima para este projeto de âmbito nacional.

Modelos de mensagem via Twitter para o Senado

Modelos de mensagem para o Twitter:

@Senador_Moka Por favor tome a minuta como emenda substitutiva para o PLS607/2007 http://db.tt/QAj5cSAB e nos dê um parecer.

@ascomwdias Por favor tome a minuta como emenda substitutiva para o PLS607/2007 http://db.tt/QAj5cSAB e nos dê um parecer.

@calheirosrenan Por favor tome a minuta como emenda substitutiva para o PLS607/2007 http://db.tt/QAj5cSAB e nos dê um parecer.

Participe desta Ação Nacional

Por favor participe, divulgue este evento! Anote no seu Google Calendar! No seu Outlook Calendar, no seu celular!

Em homenagem ao Informata, mostremos nossa união e enviemos esta mensagem dia 19 DE OUTUBRO de 2013 por e-mail e twitter aos Senadores!

Divulgue! 😉

Anúncios

Carta ao núcleo jurídico de Pedro Taques

Abaixo compartilhamos com todos vocês a carta emitida ao núcleo jurídico a qual aguardamos um parecer técnico. Estaremos acompanhando este contato com a equipe do Pedro Taques para mantê-los informados.

Bom dia Everaldo, como vai?

Estou encaminhando para você dois documentos, um em formato PDF e outro editável em formato DOC (Word).

O documento possui uma proposta para você avaliar e verificar com o Pedro se procede e se poderíamos transformar esta minuta de projeto de lei em um projeto de lei concreto, que tem como ideia principal a valorização do Informata no Brasil.

Informata é o termo generalista que engloba todas as especialidades exercidas pelos profissionais de Informática, atividades exercidas como atividade-fim. É o termo que estamos empregando em nosso grupo de apoio à regulamentação, para evitar favoritismos.

Assim como a Medicina possui várias especialidades médicas, o mesmo se dá com a Informática. Portanto não faria sentido criar uma proposta de projeto de lei para regulamentar somente o “Cardiologista”, ou somente o “Oculista”. Vê-se nesse caso que Médico é o termo generalista usado para englobar todas as especialidades.

Sabemos que há um projeto com trâmite congelado desde junho do ano passado sob o número PLS 607/2007 porém deficiente e com pontos que desagradam a muitos profissionais.

Tentamos contato com o Wellington que é o relator atual, mas ele não tem dado continuidade ao trâmite. Tentamos contato com outros envolvidos para propor uma emenda substitutiva, sem sucesso.

Não conseguimos interagir de nenhuma maneira com os envolvidos no projeto original para que o trâmite tenha continuidade.

Em virtude do projeto de lei 607/2007 ter alguns pontos que desagradam aos profissionais, estamos propondo ao Pedro abrir uma oportunidade para esta minuta; que esta possa ser uma emenda substitutiva para o projeto 607/2007 ou quem sabe, arquivar o 607/2007 e começar uma nova tramitação desta minuta na forma de projeto de lei formal.

Alguns problemas do projeto original é a utilização do termo Analista de Sistemas e correlatas, o que desagrada ou deprecia as demais especializações como Analista de Suporte, Analista de Banco de Dados, etc. Daí a necessidade de um termo generalista que não está presente no texto original.

O texto original é inflexível e injusto com profissionais que atuam na área há um tempo, e que não possuem educação formal na área, entretanto dada sua experiência, eles são capazes de desempenhar sua função. Recebemos ano passado muitas reclamações, e tivemos discussões acaloradas de profissionais contra o projeto justamente porque o original cobrava experiência de 5 anos ( …os que, na data de entrada em vigor desta Lei, tenham exercido, comprovadamente, durante o período de, no mínimo cinco anos, a função de Analista de Sistemas e que requeiram o respectivo registro aos Conselhos Regionais de Informática).

Sabemos que com 1 ano uma pessoa pode dominar perfeitamente uma atividade específica, desde que a empresa ou instituição de ensino ateste seu conhecimento. Daí advém o conceito de meritocracia, onde a empresa através de uma carta de recomendação indica que o profissional é adequado para o cargo. Somando esta flexibilidade ao novo período de experiência de 1 ano, fez com que o novo texto agradasse a muita gente que passou a apoiar nosso movimento.

No avaaz temos uma petição criada ano passado, e contamos com 14.753 pessoas que apoiam a regulamentação do Informata. Também temos 3.407 profissionais reunidos em nossa página no Facebook. Gradualmente crescemos em número, e conforme vamos divulgando, aumentam o apoio e colaboração dos profissionais, universidades e imprensa.

Peço a ajuda do Pedro ou para qualquer outra pessoa indicada por ele a tornar este projeto uma realidade.
Nossa área infelizmente está caótica na questão de ofertas de emprego com péssima atribuições de cargos, o que promove acúmulo de funções e salário incompatível (baixo).

Entendemos que o primeiro passo é a regulamentação para que no futuro, com o Conselho criado, possamos conscientizar os membros diretores, MEC, associações e sindicatos da importância de definição clara de atividades para cada cargo (definição esta que é presente em editais de vários concursos públicos).

Com esta atribuição mínima para cada especialidade poderemos juntos com estes organismos chegar a um consenso sobre questões salariais.

Everaldo, fiquem à vontade para entrar em contato comigo para esclarecer qualquer questão.
Gostaria de ajudar os meus amigos de profissão e também ao Senado oferecendo esta minuta já elaborada para ser revisada afim de identificar se há algum ponto inconstitucional que deva ser retirado ou modificado.

Meus cumprimentos à equipe de imprensa pela ajuda!

um grade abraço

A minuta do projeto de lei você encontra aqui.

O link da proposta de audiência pública voltou no site Senado

Finalmente para alegria geral da nação Informata, depois de divulgarmos em várias redes sociais e alertarmos o site do Senado, finalmente a área de Informática do Senado devolveu o link para a votação da audiência pública ao seu devido lugar. O debate é importante para todos nós. Graças a esta falta de cuidado, perdemos uma semana de votação (período em que o link ficou indisponível aproximadamente).

POR FAVOR VOTEM EM AMBOS LINKS:

1) Apoio à Proposta de audiência/debate nas comissões sobre o Informata:

http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaopropostaaudiencia?id=7201

2) Apoio ao projeto de lei sobre a regulamentação da profissão do Informata:

http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=6281

CASO OS LINKS SEJAM REMOVIDOS PELO SENADO, OBSERVEM O PRAZO DE VALIDADE PRIMEIRO DE CADA LINK, CASO SEJA REMOVIDO ANTES DO PRAZO NOS AVISEM VIA FACEBOOK.COM/GROUPS/CONFEI

Vote!

Contamos com a sua ajuda para divulgar não somente este link da audiência pública mas também o link para apoiar a ideia legislação que corre no site do senado como proposta de EMENDA SUBSTITUTIVA, muito mais flexível que o texto original do projeto de lei PLS 607 / 2007. Visite portanto os links acima!

E confirme o seu voto ao receber o e-mail de confirmação do Senado!

Lembramos que estamos entrando em contato com advogados para garantir a constitucionalidade do texto para evitar desaprovação, bloqueio ou recusa de qualquer espécie por parte do Senado.

Mesmo que haja problemas e não seja aprovado ou continue congelado o processo nas mãos do Senador Wellington Dias, que no dia de hoje ele ou seu gabinete passaram o dia fazendo propagandas do PT no Twitter, mas se esquecem de cuidar dos interesses dos brasileiros, ou seja, olhar para o BRASIL assim como tem feito o senador Paulo Paim. O País deve vir sempre antes que qualquer partido ou interesses partidários. Precisamos de uma política comprometida com a nação e não com marketing de qualquer base governista ou de oposição.


Do Senado não queremos desordem

Queremos do Senado Federal andamento dos projetos (e não engavetamento) mesmo que eles não sejam aprovados mas DEVEM fluir. Queremos do Senado Federal retorno (feedback) às perguntas ou seja, sermos capazes de interagir com os Senadores, coisas que o Fale com o Senado ou Alô Senado não tem ajudado em nada (como muitos de nós pudemos comprovar).

Queremos do Senado Federal comprometimento com a NAÇÃO, que estejam engajados por NÓS e não pelos seus partidos.

Queremos do Senado pró-atividade, e que os Senadores corram atrás das soluções, que nos procurem, que dialoguem conosco, para que montemos juntos uma agenda, que entremos em comum acordo sobre os itens da Emenda Substitutiva. Não há espaço para lobistas que dificultam a regulamentação de nossa área, já que muitas profissões tem sido regulamentadas nos últimos anos, exceto a nossa.

Queremos da nação DEMOCRACIA, ouvir as opiniões contrárias de forma construtiva, que estas vozes não se ocupem de boicotar ou atrapalhar o projeto, mas que contribuam com IDEIAS para tornar o projeto favorável e justo à grande maioria dos profissionais. Não basta ouvir pequenos grupos e empresas, é preciso colher as melhores ideias dos profissionais que atuam na área. Todos temos o mesmo objetivo afinal, que é valorizar nossa profissão.

Reinvidicamos que os Senadores escutem nosso pleito ou seja, nossas ideias para melhorar o projeto de lei atual sendo mais justo para todos visando o progresso do país. Ou que nos colaborem tramitando um novo projeto com base na emenda substitutiva como ponta-pé inicial.

Precisamos valorizar o Informata já.

E por último, amigos, precisamos mesmo de um segundo projeto de lei que ao menos imponha obrigatoriedade na resposta dos Senadores às perguntas remetidas pelos internautas num prazo RAZOÁVEL, mesmo que não tenham respostas positivas, mas é preciso dar um retorno para que a nação saiba o que está acontecendo.

Respostas como por exemplo:

  1. é possível retirar a matéria das mãos do Senador Wellington e passar para outro Senador que seja mais pró-ativo, exemplo: Paulo Paim?
  2. por que o projeto ficou engavetado por tantos meses na mão do Wellington Dias, o que foi que houve que ele não tramitou o processo como relator?
  3. por que o senador Wellington Dias não respondeu as mensagens de vários profissionais de informática sobre o projeto, enviadas via site do Senado, Site pessoal e Twitter? O que lhe está bloqueando?

Obrigado a todos pelo empenho, dedicação, por compartilharem com os amigos esta ideia, e por toda ajuda prestada, anônima ou pública.

Os informatas do Brasil estão descontentes com a Administração do site do Senado Federal

Hoje tivemos uma supresa desagradável. No LinkedIn um companheiro constatou que o link para que todos votássemos na audiência pública foi removido sem nenhuma justificativa: http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaopeticao?id=7201.

Sugerimos que visitem o novo link por enquanto:

http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=6281

 

Sobre o pedido de audiência pública (debate 7201), ele havia sido aprovado e publicado no site do Senado, dentro do período vigente não terminado, e estávamos registrando nossas votações, e hoje dia 14 de fevereiro foi removido.

Que podemos dizer sobre este infortúnio? Incompetência do profissional de Informática responsável pela administração do site do Senado Federal? Boicote do Governo?

Cagada do Senado

E agora que podemos fazer? Especular e elaborar teorias da conspiração? Não.

Temos é que alertar o Webmaster deste site, usando o site do Senado como canal de comunicação.

É preciso que ele restaure o link e seu conteúdo para que possamos dar continuidade à votação.

Caso não haja resposta num prazo de duas semanas, estaremos notificando os integrantes do senado sobre o ocorrido.

Via Twitter

Via twitter, enviem mensagens para @senadofederal, @vocenosenado, @AloSenado, @RadioSenado, também para a lista de senadores em https://twitter.com/Agencia_Senado/senadores

Via Site do Senado

Este evento vai contra a democracia e a cidadania.

Para solicitar a restauração do link, visite o site http://www.senado.gov.br/senado/alosenado/fale_senado.asp

Indique que é uma Solicitação, para Outros destinatários, Webmaster.

senado2

Estamos acompanhando para saber qual foi o problema e se foi normalizado para que o link se torne ativo novamente.

Estamos descontentes com a falta de cuidado na Administração do site do Senado Federal.